Você está aqui

Conteúdo

13.11.2020

Poeiras em suspensão podem gerar explosões

Poeiras em suspensão provenientes de granéis sólidos, como soja, milho, malte, cevada, café, açúcar, leite em pó, canela em pó e arroz, são combustíveis e podem gerar explosões.

Também conhecidas como poeiras de grãos ou poeiras agrícolas, essas substâncias contribuem para a ocorrência de atmosferas explosivas, especialmente em locais que movimentam, armazenam ou as processam em escala industrial.

Neste vídeo a Schmersal, multinacional alemã especialista em instalações elétricas em áreas classificadas, apresenta a simulação de uma atmosfera potencialmente explosiva com presença de poeira do amido de milho. Imagine esse cenário em uma escala fabril.

Por isso, locais com potencial risco de gerar explosões de grandes proporções são identificados como áreas classificadas. Apesar de raramente serem discutidos no agronegócio, os riscos de explosão são mais comuns nas unidades industriais de armazenagem e processamento do que se imagina.

A poeira gerada na movimentação dos grãos - no transporte, processamento e armazenagem, por exemplo - pode gerar uma explosão quando as nuvens de poeira entram em contato com uma fonte de ignição, como uma chave liga/desliga ou uma botoeira não apropriada.

Produtos com proteção elétrica Ex

Para fazer o estudo de classificação de área deve ser utilizada a norma ABNT NBR/IEC 60079-10-2 “Classificação de áreas - Atmosferas de poeiras explosivas”. Uma das formas de se evitar a explosão em unidades agrícolas destacadas na norma é utilizando produtos com proteção elétrica Ex, que irão prevenir a ignição da explosão.

E como proteger os negócios dos riscos de explosão? A Schmersal, por exemplo, tem um portfólio de fabricação nacional com certificação Inmetro dedicado à proteção Ex. São inúmeras soluções para atmosferas explosivas, com produtos desenvolvidos para eliminar possíveis fontes de ignição que oferecem riscos aos ambientes.

“É extremamente importante que empresas e profissionais que atuam em áreas com risco priorizem produtos adequados para atmosferas explosivas, incluindo no agronegócio. Todos são corresponsáveis pela prevenção desses acidentes”, destaca Jamile Zarif, coordenadora de produtos Ex da Schmersal.

Links

Colunas de contexto