Conteúdo

Maquinas ferramentais

As máquinas ferramentas realizam diversos processos no setor de metalurgia, como, por exemplo, torneamento, fresagem, retifica e perfuração. Cada segundo é importante, especialmente em produções de grandes lotes: a produtividade é um fator altamente crucial para determinar as vantagens competitivas de uma ferramenta para máquinas.

Quando o assunto é segurança da maquinaria, isso significa que as proteções de segurança não devem afetar a produtividade ou interferir com ela. O Grupo Schmersal já desenvolve sistemas de segurança poderosos para a construção de ferramentas para máquinas de acordo com esse princípio há décadas.

Objetivo principal: evitar adulteração

De acordo com estudos, a adulteração dos dispositivos de segurança instalados na maquinas, no entanto, infelizmente, é prática padrão em um terço das empresas de metalurgia. O risco pode ser minimizado de um modo simples por meio de interruptores de segurança codificadas e sensores de segurança, assim como interruptores de segurança para dobradiça.

Interrupções indesejadas

Interrupções dos processos de produção são indesejadas, não apenas por questões de produtividade. Quando o operador abre a proteção de segurança de uma fresadora, interrompendo o processo, a ponta de perfuração e a peça podem ser danificadas.

Isso explica o uso acima da média de solenoides de segurança em ferramentas de máquinas. Esses dispositivos mantêm a proteção de segurança fechada durante toda a execução do processo. Para essas aplicações, o Grupo Schmersal oferece uma linha de produtos extremamente ampla para vários requisitos - desde solenoides de proteção para proteções de segurança pequenas a solenoides de três pontos para proteções de segurança muito grandes e um sistema modular para a proteção de áreas de risco acessíveis a pé.

Segurança em qualquer modo de operação

Segurança em qualquer modo de operação

Estudos demonstram que uma quantidade excessiva de acidentes com maquinas e unidades ocorrem durante a configuração e a manutenção. Isso pode ser evitado ao implementar medidas de segurança especiais para essas tarefas. Por exemplo, modos de operação especiais, como o modo de configuração e a observação do processo, que são descritos na nova Diretiva de maquinaria (2006/42/EC). O programa da Schmersal inclui, por exemplo, a ativação de interruptores para colocar esses modos de operação em prática.

O diagnóstico rápido minimiza o tempo de parada

O diagnóstico rápido minimiza o tempo de parada

Recomenda-se o uso da norma "Segurança de Interface AS at Work" para a transmissão de sinais relacionados à segurança. Nesse caso, o usuário é beneficiado pelos esforços e despesas de instalação consideravelmente reduzidos, bem como pelas possibilidades de diagnóstico aprimoradas, recursos que minimizam possíveis tempos de parada. O Grupo Schmersal oferece um programa amplo de dispositivos de comutação de segurança com segurança de interface ASi integrada.

Transparência durante a operação e a observação

A ergonomia é outro aspecto importante da segurança da interface homem-máquina. Afinal, uma máquina com elementos operacionais acessíveis diretamente que permita uma operação intuitiva funciona de modo mais seguro. O Grupo Schmersal está convencido disso. É por isso que o programa inclui, por exemplo, os painéis operacionais da série BDF, que podem ser instalados diretamente em sistemas de perfil convencional. Por meio de dispositivos de sinalização e comando da série R, painéis operacionais completos podem ser configurados.

Segurança na interface homem-máquina

Sempre que homem e máquina precisarem colaborar, medidas de segurança especiais são necessárias. Isso se aplica, por exemplo, a áreas alimentação e a áreas de retirada em prensas - aqui, são usados os dispositivos de segurança optoeletrônicos do Grupo Schmersal. A Schmersal, além disso, já está desenvolvendo soluções personalizadas que permitem uma colaboração segura entre homem e robo sem a separação atraves de um cerca de proteção há mais de dez anos.